quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Descarte corretamente suas canetas sem uso!

Hoje a dica é super legal e vem da parceria entre a TerraCycle e a Faber-Castell. Juntos, criaram um programa para deixar o planeta ainda mais limpo. Esse programa irá proporcionar o descarte correto de canetas que não possuem mais uso.

Saiba como participar, lendo atentamente as informações abaixo.
A sua participação é totalmente gratuita, não há taxa de inscrição e o envio das remessas é pago pela TerraCycle. Cadastre o seu time de coleta (pode ser uma escola, organização, empresa etc.) e indique um representante com mais de 13 anos para ser o responsável pelo cadastro. Todo o processo é muito simples:
    1. Colete o máximo de instrumentos de escrita usados e suas respectivas embalagens. Você pode arrecadar resíduos de todas as marcas. A TerraCycle aceita remessas de diversos tamanhos, mas para garantir que seus pontos sejam computados você deve atingir o peso mínimo de 1020 gramas. Não serão computados os pontos para remessas com valores inferiores ao mínimo da Brigada. Para reduzir sua pegada de carbono, dê preferência ao envio de remessas maiores (máximo de 30kg) e reutilize caixas para enviar seus resíduos.
    2. Imprima uma etiqueta pré-paga. Para adquirir gratuitamente essa etiqueta, basta acessar sua conta em nosso site, clicar em "Envie seu resíduo” e escolher a opção “Solicitar etiquetas”. Você também pode solicitar sua etiqueta clicando
    3. Envie sua remesa para a TerraCycle. Após fechar bem a sua caixa e colar a etiqueta pré-paga, basta entregá-la em uma agência própria dos Correios.
    Para maiores informações e se cadastrar clique aqui

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Como montar uma empresa de biodiesel reciclado?

Saudações ecológicas!

Todo mundo já sabe que é possível reciclar óleo de fritura saturado, mas ainda não estamos acostumados com a transformação em biodiesel. Pois saiba que pode ser uma atividade lucrativa. Seguem algumas informações básicas ao interessado em entrar nesse ramo.
Microusinas
Para processar biodiesel com óleo de fritura, existem pequenas máquinas, com capacidade de cerca de 400 litros dia, e baixo custo. Sendo para uso próprio, não há burocracia, entretanto se for para comercializar, há necessidade da autorização da ANP e da Receita Federal, que para liberar a comercialização do B100, o biodiesel puro, exige o cumprimento vários itens de especificações.
Processo
O óleo é submetido a um tratamento de purificação. Um filtro retira componentes sólidos, depois é extraída a água. Vem a decantação, para separar o que ainda houver de sujeira, e a centrifugação. A umidade é inimiga número 1 do processo mais viável de produção, a transesterificação.
Se sobrar água, o óleo consegue apenas virar sabão. Para adquirir todo o maquinário para reciclagem, o investimento será de milhares de reais. O óleo limpo é vendido por centavos, então é importante ter a assessoria de profissionais para descobrir o ponto de equilíbrio do negócio.
Um litro de óleo saturado gera cerca de 800 ml de biodiesel. O óleo reciclado pode ser comercializado também para a indústria química, de cosméticos e de ração, já que utilizam óleo na composição de seus produtos. O excedente da comercialização de biocombustível pode ser usado para tudo o que for consumido na usina, incluindo o aquecimento de caldeiras, e nos veículos relacionados à sua produção.
Para quem quer experimentar o negócio com pouco investimento, uma boa dica é coletar óleo de cozinha usado. Quando se certificar que consegue um bom volume periódico, entre em contato com quem já recicla o material, assim é possível entrar no ramo, lucrando com a venda.
Este artigo não tem pretensão de substituir uma consultoria profissional. Serve apenas para esclarecer pontos básicos para empreendedores e curiosos. Este vídeo português ilustra o processo de produção do biodiesel. Veja:

Fonte: Setor Reciclagem

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Você conhece o ABC dos termos ambientais?

Saudações ecológicas!!!

Você de já deve ter ouvido falar em GEE’s, MDL, Fair Trade, aquecimento global, etc., mas será que sabe o que significa? Recebemos nos últimos dias, muitos contatos com pedidos de informações sobre termos ambientais. Então para dar aquela ajudinha, preparamos uma pequena lista com as siglas e as palavras mais populares nos e-mails que recebemos.

Continua com dúvida? Não encontrou o significado daquela palavra ou termo ambiental que precisava? Entre em contato com a gente!

Boa leitura!

Aquecimento Global – Aumento de temperatura média do Planeta Terra devido ao efeito estufa.

Aterro Sanitário – Local onde são depositados os resíduos sólidos.

Biodegradável – Todo e qualquer material que pode entrar em decomposição no meio ambiente.

Biodiversidade – Pode ser definida como a variedade existente entre os organismos vivos e as complexidades ecológicas nas quais elas ocorrem. Ela pode ser entendida como uma associação de vários componentes hierárquicos como, ecossistema, comunidade, espécies, populações e genes em uma área definida. 

Biogás - É um recurso energético renovável que deriva da decomposição de matéria orgânica. 

CONAMA – Conselho Nacional do Meio Ambiente é o órgão consultivo e deliberativo do SISNAMA.

CTR – Centro de Tratamento de Resíduos.

Ecofriendly - É termo utilizado para classificar produtos amigáveis ao meio ambiente.

 

Economia Solidária – É um jeito diferente de produzir, vender, comprar e trocar o que é preciso para viver. Sem explorar os outros, sem querer levar vantagem, sem destruir o ambiente. Cooperando, fortalecendo o grupo, cada um pensando no bem de todos e no próprio bem.

Fair Trade – Ou Comércio Justo, no Brasil, é um movimento social e uma modalidade de comércio internacional que busca o estabelecimento de preços justos, bem como de padrões sociais e ambientais equilibrados nas cadeias produtivas, promovendo o encontro de produtores responsáveis com consumidores éticos.

GEE – Gases de efeito estufa.

MDL  – Mecanismo de Desenvolvimento Limpo, é um dos mecanismos de flexibilização criados pelo Protocolo de Kyoto para auxiliar o processo de redução de emissões de GEE ou de captura de carbono.

Protocolo de Kyoto - É um tratado internacional que tem como objetivo fazer com que os países desenvolvidos assumissem o compromisso de reduzir a emissão de gases que agravam o efeito estufa, para aliviar os impactos causados pelo aquecimento global.

SISNAMA – Sistema Nacional do Meio Ambiente.

P.S.: Pedimos desculpas, pois demoramos um pouquinho, mas já estamos aqui novamente com mais uma postagem. A Oi Velox por não prestar um serviço de qualidade, acabou nos deixando uma semana sem internet, mas já resolvemos o problema. Infelizmente, o Brasil ainda tem que avançar muito em relação a banda larga, enfim...